ForeverMissed
Esta página foi criada em memória de Iêda Maria de Araújo.
Que a sua recordação dure para sempre.

Iêda nasceu em Peçanha, Minas Gerais dia 5 de maio de 1955 e faleceu em Ipatinga, Minas Gerais dia 8 de março de 2021 aos 65 anos de idade. Iêda é a filha mais velha de Geraldo Araújo (in memoriam) e Maria Ozanália. Teve 3 filhos com Flávio Girão: Vladimir, Tiago e Flávia, casados com Jaqueline, Mariana e Claudenir, respectivamente, e uma neta, Olívia. Seus quatro irmãos, Idelson, Geraldo, Luciano e Jaqueline, são casados e todos têm filhos. Iêda foi a vida toda muito trabalhadora e empreendedora na área de uniformes profissionais e construção civil no Vale do Aço. 

A família agradece o carinho e as homenagens que familiares e amigos quiserem deixar neste website. O velório será dia 11 de março às 13 horas seguido de sepultamento no mesmo local às 16 horas no cemitério Parque Vale da Saudade (Rua Três Grotas, n° 319 Bairro Todos os Santos, Coronel Fabriciano).
Vale ressaltar a importância no cuidado com o uso de máscaras, álcool em gel e em evitar aglomeração no local devido às restrições relativas ao COVID-19.
Este tributo foi publicado por Hilka Beatriz Magalhães ... em 11 de março de 2021
Ieda minha querida amiga de longas datas. Senti sua falta em nosso joguinho de buraco no computador. Ligava para você não tinha resposta. Cheguei a ligar para Provest para saber seu telefone mas não consegui falar com Geraldo nem Luciano.
Dia 17 de dezembro , perdi meu marido seu amigo e não tinha seu contato para comunicar.
Hoje vocês se encontrarão na eternidade junto ao nosso Pai.
Ieda , assim lhe descrevo :
Amiga, companheira ,alegre ,feliz ,mãe dedicada, filha amorosa , guerreira e grande empreendedora.
Vá com Deus amiga. Saudades eternas.
Este tributo foi publicado por Luciano Araujo em 10 de março de 2021
Mensagem Iêda

Em 1988, meu saudoso pai, Nozinho Araujo, que durante 8 meses de luta pela sobrevivência, me permitiu estar mais próximo, cuidar dele, a ponto de comentar com minha mãe Ozanalia, que não conhecia o filho que tinha.
Foi um período importante em minha vida e de muita união de nossa família.
E agora em 2021 a Iêda reeditou um pouco da história de nosso saudoso Pai, após 1 ano e um mês de muita luta, muito sofrimento. Me impressionou como ela enfrentou tudo isto com muita resignação, uma verdadeira guerreira.
Ieda teve um papel fundamental na minha vida pessoal e profissional, tudo que conquistei ela de alguma forma participou.
Eu sempre a considerei uma segunda mãe.
Meu coração está partido, mas carrego comigo o sentimento de dever cumprido, fiz o que pude por ela, e pelo seu sofrimento não era justo pedir que ela continuasse conosco.
Que Deus a receba e conforte sua alma..
Te amo muito.
Este tributo foi publicado por Flavia Ferrari em 8 de março de 2021
Mãe lutou firmemente contra o câncer. Sem reclamar, ela aguentou todo seu tratamento. Após 13 meses, no dia das mulheres, meu exemplo de mulher trabalhadora e independente recebeu o merecido descanso final.
“Não há morte, filha. As pessoas só morrem quando as esquecemos”. Minha mãe explicou pouco antes de me deixar. "Se você conseguir se lembrar de mim, estarei com você para sempre” - Isabel Allende.
Este tributo foi publicado por Joana Ferraz em 8 de março de 2021
Apesar de termos consciência de que ela descansou depois de um ano de muita luta, o coração de quem a ama dói neste momento, mas em breve o que nos restará será apenas a saudade.
Sentirei falta até dos seus puxões de orelha, Dona Ieda!
Que esteja com Deus agora e para sempre. Saudades eternas.
Que Deus conforte toda a família neste momento difícil.
Este tributo foi publicado por Victor Araujo em 8 de março de 2021
Meus sentimentos a toda nossa família.

Sabemos que a Tia Ieda foi para um lugar melhor, onde pôde repousar depois de toda a luta enfrentada nos últimos meses.

Vamos nos lembrar sempre da personalidade animada, festeira e principalmente das deliciosas comidas preparadas nos encontros de família!

Descanse em paz.

Deixar um Tributo

 
Últimos Tributos
Este tributo foi publicado por Hilka Beatriz Magalhães ... em 11 de março de 2021
Ieda minha querida amiga de longas datas. Senti sua falta em nosso joguinho de buraco no computador. Ligava para você não tinha resposta. Cheguei a ligar para Provest para saber seu telefone mas não consegui falar com Geraldo nem Luciano.
Dia 17 de dezembro , perdi meu marido seu amigo e não tinha seu contato para comunicar.
Hoje vocês se encontrarão na eternidade junto ao nosso Pai.
Ieda , assim lhe descrevo :
Amiga, companheira ,alegre ,feliz ,mãe dedicada, filha amorosa , guerreira e grande empreendedora.
Vá com Deus amiga. Saudades eternas.
Este tributo foi publicado por Luciano Araujo em 10 de março de 2021
Mensagem Iêda

Em 1988, meu saudoso pai, Nozinho Araujo, que durante 8 meses de luta pela sobrevivência, me permitiu estar mais próximo, cuidar dele, a ponto de comentar com minha mãe Ozanalia, que não conhecia o filho que tinha.
Foi um período importante em minha vida e de muita união de nossa família.
E agora em 2021 a Iêda reeditou um pouco da história de nosso saudoso Pai, após 1 ano e um mês de muita luta, muito sofrimento. Me impressionou como ela enfrentou tudo isto com muita resignação, uma verdadeira guerreira.
Ieda teve um papel fundamental na minha vida pessoal e profissional, tudo que conquistei ela de alguma forma participou.
Eu sempre a considerei uma segunda mãe.
Meu coração está partido, mas carrego comigo o sentimento de dever cumprido, fiz o que pude por ela, e pelo seu sofrimento não era justo pedir que ela continuasse conosco.
Que Deus a receba e conforte sua alma..
Te amo muito.
Este tributo foi publicado por Flavia Ferrari em 8 de março de 2021
Mãe lutou firmemente contra o câncer. Sem reclamar, ela aguentou todo seu tratamento. Após 13 meses, no dia das mulheres, meu exemplo de mulher trabalhadora e independente recebeu o merecido descanso final.
“Não há morte, filha. As pessoas só morrem quando as esquecemos”. Minha mãe explicou pouco antes de me deixar. "Se você conseguir se lembrar de mim, estarei com você para sempre” - Isabel Allende.
Histórias recentes

Atravessando a Lagoa

Partilhado por Joe Araujo em 10 de março de 2021
Uma das coisas, a respeito da prima Iêda, que marcou a minha adolescência, foi vê-la atravessar a Lagoa Grande, em Guanhães,a nado, coisa que poucos marmanjos conseguia... fiquei  muito orgulhoso, isso eu nunca esqueci.

Prazer em conhecer a prima Ieda

Partilhado por Angela Araujo - Ita em 10 de março de 2021
Sempre escutei estórias do Sérgio quando eram pequenos. A Iêda estava presente em várias estórias. Finalmente depois de anos sem conhecer algumas pessoas da família, tive o enorme prazer de conhecer a famosa Iêda. Fomos ao sítio em Ipatinga e foi um encontro maravilhoso. Comi jabuticaba congelada pela primeira vez (não sabia que pudesse congelar). Conheci as galinhas e seu cachorrinho fiel. Comida boa, farra boa e várias lembranças pro resto da vida. Foi um prazer ter conhecido a prima Iêda. Vá com Deus.
Ita. ❤️

Dona Ieda!

Partilhado por Meire Amaral em 9 de março de 2021
Ter convivido com Ieda durante 10meses, foi uma experiência incrível, apesar de alguns momentos ruins, foram também muitos momentos bons, muita história, muitas risadas. Aprendi que a gente só perde uma guerra qdo deixamos de lutar, e diferentemente de Ieda lutou até nós últimos segundos. Aprendi a amá-la tanto, tanto como se fosse da minha família. Agora só nos resta saudade, lembranças jamais esquecidas. Descansa " meu bem ", nós braços do pai, em breve nos veremos novamente.