ForeverMissed
Histórias de José
Partilhado por António Freitas em 7 de maio de 2021

56 min  ·
Conteúdo partilhado com: Público
Perdemos o amigo Zé Leal . Alviobeira ficou mais pobre. A doença infelizmente já nós tinha roubado o nosso Zé Leal de Brito daquelas amenas histórias das risadas e do nosso convivio, da alegria com que acompanhava o seu rancho sim o seu rancho o seu terceiro filho. A ele se dedicou de corpo e alma. Ao rancho às obras da Igreja. José Leal deixá-los somente com 81 anos mas deixa nesta terra em Alviobeira a sua marca de trabalho em prol dos outros em trabalho para a comunidade. Muitos não se lembram mas hoje o edifício do mercado a ele se deve. Ele foi um dos seus idealizadores e aglutinadores já que como caixeiro viajante corria as aldeias e via que Alviobeira merecia ter um mercado. Convenceu ou ajudou a convencer o doador do terreno o Albino Alcobia e andou pela freguesia a fazer o peditório. Era assim nesse tempo. O rancho acompanhou-o desde que nasceu de um grupo de Carnaval. Ele e a sua Luísa. Falava com emoção quando um dia foi visitar a sua filha Maria José à Austrália. E contava com pormenores tudo sobre esse longínquo continente. A morte é somente uma passagem para outra vida e a esta hora certamente está junto do seu amigo António João e do Padre Mário. À Luísa seus filhos Zé Carlos e Maria José sentidas condolências e obrigado Zé Leal por aquilo que deu à nossa comunidade e muitas vezes tão mal compreendido

Juntar uma história

 
Enriqueça a sua história com uma fotos, música ou vídeo (opcional):