ForeverMissed
Este memorial foi criado em memória de Maria Natália Braz, 62 anos de idade, nascida em 28 de outubro de 1957 e que nos deixou em 18 de abril de 2020. Que a sua recordação dure para sempre.
Este tributo foi publicado por Rodolfo Brás em 25 de março de 2021
Mãe!!!
Há dias,semanas, desde que o Pai criou este moral, que te estou para escrever. Mas sei que quanto mais perto da data em que te perdi, mais difícil será.
Sempre que tento, não consigo. escrevo e apago, escrevo e apago, leio o que te escrevem, e "deixo para amanha". mas amanha nao consigo de novo. Poderia encher este moral de palavras e frases, textos intermináveis, sobre ti, sobre NÓS! Mas como tu me conheces, guardo para nos, os meus pensamentos, e aquilo que te digo, que falo contigo ainda hoje, quando estou sozinho!!!
Mas deixo-te a letra de uma bonita musica, Portuguesa, de alguém que perdeu a sua cara metade. traduz na integra tudo aquilo que só nos sentimos, e só nós vivemos!!!


"Deste-me o que pudeste, comida e um teto
Guardo aquilo que me disseste, o teu abraço o teu afeto
Deste-me o que pudeste, saraste a ferida do teu neto
Um incentivo: "Filho mexe-te, mas mantém os teus por perto
Mantém o olho aberto, caminho nem sempre é reto
Honra quem és, que o resto vem por acréscimo"
Isso é certo!

Nem sempre se faz o correcto mas aqui tenta-se
Nem sempre se faz o correcto mas o que dá emenda-se
Não dá p'a voltar atrás no tempo, infelizmente
Lembro-me de ser rapaz, capaz de te pôr contente
Capaz de traduzir paz, de todo e qualquer momento
Mesmo não voltando atrás, ficarás eternamente

Aqui dentro, no meu pensamento
Nos dias de céu azul, nos dias de céu cinzento
Tu viverás eternamente
Até que eu não respire mais e seja pó a ir com o vento

Viverás eternamente comigo
Dás-me paz, és um porto de abrigo
Quero voltar atrás, sentir-me rico
Aquilo que não se fala, hoje 'tou a falar contigo

Viverás eternamente comigo
Dás-me paz, és um porto de abrigo
Quero voltar atrás, sentir-me rico
Aquilo que não se fala, hoje 'tou a falar contigo

Hoje falo o que não falava, não disse o quanto te amava
Não disse o que significava
Tu estares quando ninguém estava
Hoje falo o que não falava, não disse o quanto acalmava
O teu kiss, o teu sorriso, a tua alegria, a tua palavra
Não sei o que passaste, mas trazias peso
Às vezes 'tavas um desastre, até dava medo
Olhaste para mim choraste, deixaste-me indefeso
"Foi p'afogar a solidão, eu nem tinha sede"

(...)
Deitei-te na tua cama, endireitei-te a almofada
Ya eu não te julgo, tu 'pa mim és uma fada
Fizeste d'um miúdo adulto, com atitudes, não palavras
Não deixaste faltar nada, atitude que ninguém paga
Amor que nada paga, amor que ninguém estraga
Minha rainha amada, p'a sempre relembrada
'Tou grato e hoje disse-te aquilo que não se fala

Aquilo que não se fala
Aquilo que não se fala
Aquilo que não se fala
'Tou grato e hoje disse-te aquilo que não se fala

Viverás eternamente comigo
Dás-me paz, és um porto de abrigo
Quero voltar atrás, sentir-me rico
Aquilo que não se fala, hoje 'tou a falar contigo

Viverás eternamente comigo
Dás-me paz, és um porto de abrigo
Quero voltar atrás, sentir-me rico
Aquilo que não se fala, hoje 'tou a falar contigo

(...)

Tu sabes quem sou, lembra-te
Sabes o meu nome, lembra-te
Me'mo não sabendo onde é que eu vou
Vou-te levar a onde eu for
Vou-te levar em todo o som, lembra-te

Tu sabes quem sou, lembra-te
Tu sabes o meu nome, lembra-te
Mesmo não sabendo onde é que eu vou
Tenho aviola no meu corpo
Tu vais comigo até 'tar morto, lembra-te
Isto é, somente amor, lembra-te "

é isto Mãe, e muito mais...
"Tu vais comigo ate ´tar morto, lembra-te
isto é, somente amor, lembra-te"

Avô, guarda a minha Mãe ao teu lado. Sei que ao estar contigo, vocês são mais fortes. e Nós? precisamos tanto de vocês!!!!
Beijinho Mãe... fazes-me tanta falta. Não imaginas quanta...
Abraço apertado, de coração pequenino, mas um Amor eterno!!!!
Este tributo foi publicado por Joao Rodrigues em 16 de março de 2021
Mana Tá, a Saudade dói, ficam as Memórias dos princípios de vida que tão bem soubeste transmitir, os muitos momentos que passámos ao longo do tempo que sempre soubemos manter essa proximidade, pois o melhor desta vida foi essa partilha de amor, respeito e felicidade. Sei e sinto que estás presente nas nossas vidas como sempre senti e sinto do nosso Pai, mas agora com mais força, nunca vos esquecerei, Adoro-te "vos", Beijinhos.
Este tributo foi publicado por Ana Sofia Antunes em 13 de março de 2021
Natália.... Uma Verdadeira Amiga!! Sempre pronta a ajudar os outros, mesmo quando ela também se encontrava doente. Recordo as suas palavras, o seu amor e carinho, para comigo, quando eu própria , me encontrava a passar por uma má fase, na minha Vida.
Natália, Tenho Saudades tuas. Olha, Sempre pela tua família, que te Adora e também por Todos Nós. Até Sempre.
Este tributo foi publicado por Fernanda Claudino em 13 de março de 2021
A Natália era uma super mulher, divertida com um grande sentido de humor, mesmo nas alturas criticas da doença, ela tinha sempre uma palavra de conforto para os outros. Era uma grande amiga que eu vou recordar sempre com muita saudade.
Este tributo foi publicado por Carlos Braz em 12 de março de 2021
Nasceu a 28/10/1957 em Óbidos-Faleceu a 18/04/2020 Hospital de Cascais está sepultada em campa da família Tarzan ao pé do pai e da avô.
Este tributo foi publicado por Carlos Braz em 12 de março de 2021
Foi uma grande mulher, lutadora em tudo até com a própria doença mas esta venceu, grande esposa, mãe e avó, nunca te esquecerei de ti NINA aonde estiveres olha por nós todos

Deixar um Tributo

 
Últimos Tributos
Este tributo foi publicado por Rodolfo Brás em 25 de março de 2021
Mãe!!!
Há dias,semanas, desde que o Pai criou este moral, que te estou para escrever. Mas sei que quanto mais perto da data em que te perdi, mais difícil será.
Sempre que tento, não consigo. escrevo e apago, escrevo e apago, leio o que te escrevem, e "deixo para amanha". mas amanha nao consigo de novo. Poderia encher este moral de palavras e frases, textos intermináveis, sobre ti, sobre NÓS! Mas como tu me conheces, guardo para nos, os meus pensamentos, e aquilo que te digo, que falo contigo ainda hoje, quando estou sozinho!!!
Mas deixo-te a letra de uma bonita musica, Portuguesa, de alguém que perdeu a sua cara metade. traduz na integra tudo aquilo que só nos sentimos, e só nós vivemos!!!


"Deste-me o que pudeste, comida e um teto
Guardo aquilo que me disseste, o teu abraço o teu afeto
Deste-me o que pudeste, saraste a ferida do teu neto
Um incentivo: "Filho mexe-te, mas mantém os teus por perto
Mantém o olho aberto, caminho nem sempre é reto
Honra quem és, que o resto vem por acréscimo"
Isso é certo!

Nem sempre se faz o correcto mas aqui tenta-se
Nem sempre se faz o correcto mas o que dá emenda-se
Não dá p'a voltar atrás no tempo, infelizmente
Lembro-me de ser rapaz, capaz de te pôr contente
Capaz de traduzir paz, de todo e qualquer momento
Mesmo não voltando atrás, ficarás eternamente

Aqui dentro, no meu pensamento
Nos dias de céu azul, nos dias de céu cinzento
Tu viverás eternamente
Até que eu não respire mais e seja pó a ir com o vento

Viverás eternamente comigo
Dás-me paz, és um porto de abrigo
Quero voltar atrás, sentir-me rico
Aquilo que não se fala, hoje 'tou a falar contigo

Viverás eternamente comigo
Dás-me paz, és um porto de abrigo
Quero voltar atrás, sentir-me rico
Aquilo que não se fala, hoje 'tou a falar contigo

Hoje falo o que não falava, não disse o quanto te amava
Não disse o que significava
Tu estares quando ninguém estava
Hoje falo o que não falava, não disse o quanto acalmava
O teu kiss, o teu sorriso, a tua alegria, a tua palavra
Não sei o que passaste, mas trazias peso
Às vezes 'tavas um desastre, até dava medo
Olhaste para mim choraste, deixaste-me indefeso
"Foi p'afogar a solidão, eu nem tinha sede"

(...)
Deitei-te na tua cama, endireitei-te a almofada
Ya eu não te julgo, tu 'pa mim és uma fada
Fizeste d'um miúdo adulto, com atitudes, não palavras
Não deixaste faltar nada, atitude que ninguém paga
Amor que nada paga, amor que ninguém estraga
Minha rainha amada, p'a sempre relembrada
'Tou grato e hoje disse-te aquilo que não se fala

Aquilo que não se fala
Aquilo que não se fala
Aquilo que não se fala
'Tou grato e hoje disse-te aquilo que não se fala

Viverás eternamente comigo
Dás-me paz, és um porto de abrigo
Quero voltar atrás, sentir-me rico
Aquilo que não se fala, hoje 'tou a falar contigo

Viverás eternamente comigo
Dás-me paz, és um porto de abrigo
Quero voltar atrás, sentir-me rico
Aquilo que não se fala, hoje 'tou a falar contigo

(...)

Tu sabes quem sou, lembra-te
Sabes o meu nome, lembra-te
Me'mo não sabendo onde é que eu vou
Vou-te levar a onde eu for
Vou-te levar em todo o som, lembra-te

Tu sabes quem sou, lembra-te
Tu sabes o meu nome, lembra-te
Mesmo não sabendo onde é que eu vou
Tenho aviola no meu corpo
Tu vais comigo até 'tar morto, lembra-te
Isto é, somente amor, lembra-te "

é isto Mãe, e muito mais...
"Tu vais comigo ate ´tar morto, lembra-te
isto é, somente amor, lembra-te"

Avô, guarda a minha Mãe ao teu lado. Sei que ao estar contigo, vocês são mais fortes. e Nós? precisamos tanto de vocês!!!!
Beijinho Mãe... fazes-me tanta falta. Não imaginas quanta...
Abraço apertado, de coração pequenino, mas um Amor eterno!!!!
Este tributo foi publicado por Joao Rodrigues em 16 de março de 2021
Mana Tá, a Saudade dói, ficam as Memórias dos princípios de vida que tão bem soubeste transmitir, os muitos momentos que passámos ao longo do tempo que sempre soubemos manter essa proximidade, pois o melhor desta vida foi essa partilha de amor, respeito e felicidade. Sei e sinto que estás presente nas nossas vidas como sempre senti e sinto do nosso Pai, mas agora com mais força, nunca vos esquecerei, Adoro-te "vos", Beijinhos.
Este tributo foi publicado por Ana Sofia Antunes em 13 de março de 2021
Natália.... Uma Verdadeira Amiga!! Sempre pronta a ajudar os outros, mesmo quando ela também se encontrava doente. Recordo as suas palavras, o seu amor e carinho, para comigo, quando eu própria , me encontrava a passar por uma má fase, na minha Vida.
Natália, Tenho Saudades tuas. Olha, Sempre pela tua família, que te Adora e também por Todos Nós. Até Sempre.
Histórias recentes

Amiga

Partilhado por Fernanda Marques em 4 de abril de 2021
Olá amiga
Já passou tanto tempo só agora é que tive corajem para enviar esta mensagem não um atributo porque não tenho palavras para dizer a mulher que eras uma guerreira mas para te dizer que eras a minha amiga especial tenho saudades tuas tinha tantas coisas para te contar chego muitas vezes não acredito que não estás de corpo e alma mas estas sempre no meu coração 
Até já amiga 

Natália

Partilhado por ana cristina tadeu ambros... em 12 de março de 2021
A Natália era um mulher com um ♥ gigante sempre pronta para ajudar o próximo, vou me lembrar dela com um carinho especial.
Nunca a vou esquecer este ser maravilhoso.
Até sempre ♥️❤️♥️❤️