In Memorium
Esta Página de Homenagem foi criada para preservar a memória de Manuel Simões. Deixe o seu tributo ou partilhe alguma história que o enalteça.
Este tributo foi publicado por Paulo Neves em 25 de março de 2022
Conheci este vulto da nossa história numa manhã em que no seu quintal, de forma modesta e simpática me deu a conhecer o seu percurso tão rico e preenchido quanto valoroso.
Sempre valorizei os Ferreirenses independentemente do local onde se distinguiram. Nesta caso falamos de Manuel Simões, alguém que se destacou numa força policial e na região da grande Lisboa mas que com a sua acção dignificou os Chãos que o viram nascer e o seu concelho: Ferreira do Zêzere. Um homem notável.


Deixar um Tributo

 
Últimos Tributos
Este tributo foi publicado por Paulo Neves em 25 de março de 2022
Conheci este vulto da nossa história numa manhã em que no seu quintal, de forma modesta e simpática me deu a conhecer o seu percurso tão rico e preenchido quanto valoroso.
Sempre valorizei os Ferreirenses independentemente do local onde se distinguiram. Nesta caso falamos de Manuel Simões, alguém que se destacou numa força policial e na região da grande Lisboa mas que com a sua acção dignificou os Chãos que o viram nascer e o seu concelho: Ferreira do Zêzere. Um homem notável.


Percurso

Polícia de Segurança Pública

Entrou para a Polícia de Segurança Pública em 1951 como guarda e foi progredindo na carreira, sempre com aproveitamento em todos os cursos profissionais internos da P.S.P. a que teve acesso, assumindo em 1965 a chefia da P.S.P. de Almada onde esteve até 1970. Nesse mesmo ano foi para a Horta onde esteve como Comandante e Comissário do Distrito até 1971. Ainda como Comissário esteve na Escola Prática de Lisboa, mais tarde Escola Superior, até 72 e, na Companhia Móvel, em Oeiras até 1975. Em 1975 veio para Tomar como 1º Comissário tendo aqui permanecido até 1977.
Entre 1977 e 1983 foi 1º Comissário nos Serviços Sociais da P.S.P. tendo sido chefe de secretaria e em 1983 veio para a Escola Prática de Torres Novas, onde esteve já como Comissário Principal. Ainda como Comissário Principal regressou em 1986 a Almada para comandar a P.S.P. até 1993 e onde foi promovido a Sub-Intendente. Terminou a sua carreira por antiguidade ascendendo ao posto mais alto que lhe era permitido.
Para lá dos diversos louvores com que foi distinguido ao longo da sua brilhante carreira, recebeu a Medalha de serviços distintos, do Ministro da Administração Interna, a Medalha de exemplar comportamento e a medalha de bom comportamento nas três categorias, ouro, prata e bronze.
Foi também autor de vários artigos na Revista "Polícia Portuguesa"
Texto: Paulo Alcobia Neves
Foto: www.psp.pt

Filiação

Nascido em Pinheiros, Chãos, a 24 de maio de 1928, filho de António Simões e de Germina Rosa
Histórias recentes